Resenha: Ponte de Cristal - Thati Machado

 
Publicação Independente
264 páginas
2016

Resenhas de outros livros da autora: Com Outros Olhos e Poder Extra G.

A escritora Mia Prescott tem um passado extremamente traumático. Mas ao decidir acertar as contas com ele e se vingar do homem que acabou com sua vida, ela não imagina que sua vida dará uma volta de 180°, desmentindo tudo que ela achava ser verdade. Agora, além da vingança, ela precisa impedir o mesmo homem de acabar com o seu país, o Lar. Sendo a única que pode fazer ele pagar, ela precisa encontrar forças e aprender a lutar para defender àqueles que ama.

“Se enfrentarmos nossos medos, no fim não haverá o que temer.”

O primeiro livro da autora que li, Com Outros Olhos, tem uma história maravilhosa, apesar de curto. Com Ponte de Cristal, eu confesso que não sabia que esperar. Afinal, Ponte de Cristal possui um plot totalmente diferente do primeiro livro, que era romance, sendo esse prometendo uma distopia. E eu me surpreendi, porque a autora apresenta uma história extremamente envolvente e cativante.

Narrado em primeira pessoa, conhecemos a protagonista Mia Prescott. Apesar do sucesso, ela tem um passado bem perturbador e tenta não ser uma pessoa amargurada por isso. Mas ela quer se vingar. E quando o mesmo homem que arruinou a sua vida, quer arruinar também seu país, o Lar, ela percebe que é a hora ideal. Mas conforme vai aprofundando-se em seu plano, Mia percebe que não sabe em quem confiar.
E é com esse plot distópico (porque sim, trata-se ao mesmo tempo, de um mundo semelhante e diferente do nosso, onde a história levou a população a outros rumos) que a autora nos leva por uma história recheada de reviravoltas. É difícil escrever a resenha sem soltar spoilers, porque as revelações estão por quase todos os capítulos, e o leitor está no escuro, se deparando com surpresas a cada momento. Bem escrito, é necessário que se leia a obra com extrema atenção. Não foi difícil para mim, considerando o quanto a narrativa foi viciante e me prendeu, mas como mencionado anteriormente, com a quantidade de reviravoltas e informações novas descobertas a cada capítulo, especialmente no início, o leitor pode se perder e se confundir em algumas partes.

Uma das características que mais gosto dos livros da Thati (eu só li dois, okay, mas é nítido) é como ela difere em seus assuntos. O livro não tem só a história, há temas muito atuais, que são tão pouco abordados ainda hoje. Ela aborda todas as formas de amor, insere as mais variadas personalidades em seus personagens, personagens com a Síndrome de Asperger (embora seja apenas uma passagem, ele está ali, presente) e trata de assuntos pesados, como o estupro, com muita suavidade.

“Nunca pense em mudar nada em você por outra pessoa […] Você precisa amar e reconhecer o seu valor se quer que os outros o reconheçam.”

Outro ponto positivo é que Machado dá atenção especial para a base de sua história, explicando-nos aos poucos tudo o que aconteceu e levou a história até o ponto em que se passa atualmente. Com isso, vários personagens novos são introduzidos ao longo da história, alguns tornando-se fixos, outros apenas para auxiliar nas explicações. O fato é que além dos comentários acima que fiz sobre os personagens, ressalto a evolução que todos sofrem ao longo da trama. Desde a protagonista, que cresce com uma força absurda, até ao personagem que mais odiei, Stevie, que por mais que seja um personagem – em minha opinião – muito malvado, tenho que admitir sua importância para o crescimento de Mia. Torci muito também pela felicidade dela, de Rose e seus respectivos pares, que possuiam grande química e fizeram com que eu shippasse loucamente.
Confesso que senti falta de saber mais sobre os livros de Mia Prescott, sendo o principal deles, o que contém alguns trechos durante Ponte de Cristal. Entretanto, suas histórias fazem apenas parte do plano de fundo contruído para a protagonista e por isso fiquei só na vontade.

Novamente, há uma reviravolta na parte final do livro que me deixou embasbacada e ansiosa para terminar de ler, não por ser ruim e sim porque imaginar as situações narradas me deixou enjoada e apreensiva. Há um desfecho previsível, mas que nesse caso, deixou-me muito feliz por terminar de tal modo.
Por fim, Ponte de Cristal mostra-se uma história memorável, que pode cativar aos mais váriados tipos de leitores, já que engloba tantos gêneros e assuntos. Thati Machado é uma ótima ótima escritora, com extremo potencial para escrever as mais diferentes histórias, que são ao mesmo tendo, divertidas e intensas.

Atenção! Se você se interessou, o livro será lançado na Amazon nesta terça-feira, dia 07/11/2017.

7 comentários:

  1. Também amei essa história!!! Tanto que li umas três vezes!! Não é exagero ou nada do tipo, em Ponte de Cristal encontramos magia, uma escrita perfeita, uma história que não deixa pontas e onde ao meu ver... Cada personagem te cativa de uma forma surpreendente!!!! Tenho o físico e vou adquirir na plataforma!!! Leiam e divulguem essa lindo e perfeito romance ��

    ResponderExcluir
  2. Olá!! :)

    Devo dizer que já ouvi falar deste livro algumas vezes. Ainda bem que apreciaste a leitura assim tanto! :)

    Ainda bem que tem essa enorme reviravolta, adoro ser surpreendido!, que pena que ficaste tao "enojada"... Bem, espero vir a ler! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Camila.

    Eu ainda não li nada da autora, mas pela sua resenha eu fiquei com vontade de começar por este livro. Especialmente por conter temas atuais e assuntos pesados,sempre deixa um alerta para os leitores. Dica anotada.

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Oi, Camila
    Vejo muitas pessoas elogiando a autora. Tenho curiosidade em ler seus livros.
    Que bom que o livro te agradou. Gosto quando tem uma mistura de gênero e ainda reviravoltas. Além de personagens e situações bem trabalhadas. Me parece que o livro vale mesmo a pena.

    ResponderExcluir
  5. Olá, não conhecia esse livro da Thati e achei o título poético, gostei da proposta e fiquei curiosa. sobre os excessos de reviravoltas, isso me cativa, torna a leitura mais rápida.

    ResponderExcluir
  6. Olá, não conhecia a obra e adorei a capa...muito linda.

    A resenha ficou ótima, parabéns!
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Oi bom dia. Tudo bem?
    espero que sim. Parabéns pela resenha pois ficou ótima. O livro eu ainda não conhecia. Parece ser bem interessante, mim conquistou só pela capa que é muito bonita.

    Um forte abraço!

    ResponderExcluir