Resenha: Casei, e Agora? - Tatiana Amaral


Editora Pandorga
páginas 222
2016

Cleo uma mulher bonita e inteligente, viaja para Las Vegas com suas melhores amigas, após seu noivo decretar que só iria se casar, caso eles ficassem 30 dias afastados, sem contato algum. Arrasada com a notícia, aceita a proposta de suas amigas e viaja a Las Vegas, sem pretensão alguma e contando os dias para voltar aos braços de seu noivo. O que ela não sabia era que sua vida iria mudar totalmente, a partir do momento em que conhece Douglas, o homem mais bonito e sedutor que já conheceu, e que ele, por causa de uma noite de bebedeira, iria se tornar o seu marido. O que fazer agora? Como retornar aos braços do seu noivo? Será que ele ainda ama seu noivo?  Afinal, ela havia casado em Las Vegas.
*Sinopse original

"Douglas era… Era simplesmente Douglas e isso deveria ser o bastante."

Casei. E agora? foi a minha segunda tentativa de ler algo da Tatiana Amaral, que alçou fama com o sucesso da sua trilogia "Função CEO". Minha primeira experiência com seu trabalho foi justamente com essa trilogia erótica que fez um sucesso absurdo mas que, confesso, não me agradou. Não lembro como cheguei a esse título mas sei que a minha vontade de o ler derivou da graça de capa e da sinopse que promete um romance daqueles que a gente lê em uma tarde e pede mais. E é exatamente isso que encontrei nesse livro.


Cleo é uma jovem linda e bem sucedida mas que só teve um relacionamento na vida, que já dura 10 anos, com Jonathan, com quem ela não vê a hora de se casar. Só que o rapaz acha que os dois devem aproveitar mais a vida antes de dizer sim no altar e por isso propõe à jovem que fiquem 30 dias afastados para que possam se relacionar com outras pessoas e aproveitar a vida. Cleo, relutantemente, aceita e assim suas amigas a levam para uma viagem a Las Vegas que vai mudar a sua vida.

Cleo é uma pessoa que pensava ter certeza do seu futuro mas que vê tudo ser revirado com a tal proposta do seu noivo. Assim, ela passa grande parte do livro vivenciando situações novas, se conhecendo e relutando em se aventurar. E relutar é o que ela sabe fazer de melhor, o que a torna, por vezes, uma protogonista irritante, teimosa e até mesmo chatinha, mas ainda assim não consegui não torcer por ela.
De uma forma geral não há um personagem que se destaque dos demais mas todos são, dentro do contexto da trama, bem trabalhados e desenvolvidos.

Narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista da protagonista, a trama é repleta de momentos engraçados e fofos, que nos fazem torcer pelo casal que está se formando. Como já citei, a história é bastante clichê, uma vez que traz uma premissa já utilizada diversas vezes, mas é um clichê bem feito e que agrada aos fãs do gênero comédia romântica.

Um ponto que ainda não consegui decidir se me agradou ou não foi o epílogo, que se dá na forma de notas que revelam algumas informações sobre os personagens. Sempre é bom saber o que houve com os personagens após o fim mas, e aqui é uma questão bem pessoal, não sei se gostei do que foi revelado.

A escrita de Tatiana foi o que realmente me prendeu ao livro. Leve e extremamente agradável, a autora conseguiu fazer com que eu me conectasse a obra de tal forma que eu não tinha outra opção a não ser ler página após página, sem pausas, até chegar ao fim.

Com um clichê muito bem feito, Tatiana criou um romance leve e divertido que é ideal para aquelas tardes ociosas em que tudo o que você quer é um bom livro e uma xícara de café. Pode não ser a obra da vida da autora, mas foi o suficiente para me deixar com vontade de ler tudo o que ela já publicou.

8 comentários:

  1. Olá!
    Tenho curiosidade em ler esse livro. Recentemente vi uma live em que a autora contava que estava escrevendo uma continuação pra esse livro, então acredito que os pontos que tenha ficado lacunas possa ser preenchido no novo livro.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  2. Olá Larissa, tudo bem?

    Confesso que não estou lembrando da autora Tatiana Amaral, uma pena que a trilogia da autora não tenha lhe agradado. Sobre o livro Casei e Agora, percebi que apesar dos clichês, o livro parece ter uma boa escrita, ao menos te envolveu e isso é bom. Eu contudo, não pretendo ler, pois romance erótico não é o meu forte. Gostei da resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oiii Larissa, tudo bem?
    Eu achei bem engraçada essa história, não é um tipo de leitura que seria prazeroso para mim, mas fico feliz que tenha gostado e assim trazido a resenha para nós, achei bem bonitinha essa capa.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Oii, tudo bem?
    Não conhecia essa obra da Tatiana, parece ser bem divertida. Não curto muito clichês, então, acho que leria apenas para descontrair mesmo. Gostei de saber que a autora tem uma escrita leve, mas não tenho certeza se leria pois não é o tipo de leitura que procuro no momento, então, vou passar a dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Esse livro parece bem clichê, mas às vezes é tudo o que a gente precisa, não é mesmo?
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    É tão bom quando um livro prende a nossa atenção e não conseguimos parar de ler, né? Que bom que essa segunda experiência que você teve com um livro da autora foi melhor que a primeira.
    Confesso que nunca tive a menor vontade de ler a trilogia "Amor de CEO", não é meu estilo mesmo, mas esse livro talvez me agradasse mais. Gostei da premissa e, pelo que percebi na resenha, parece ser uma leitura bem leve e divertida.
    Os clichês me incomodam um pouco, mas acredito que é uma boa leitura para intercalar com livros mais pesados.
    Adorei sua resenha e vou anotar a dica.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Adorei isso rss imagina eu noiva viajar e voltar casada só que com outro!
    Acho que a leitura deve ser bem divertida mesmo, tô "precisada" de uma leitura assim leve e sem pretensão nenhuma! Ahhh nem ligo para clichês, acho que são até confortáveis desde que bem usados, tô nem aí! rs
    Amei a dica.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. olha, confesso que achei bem mais do mesmo esse enredo...não gosto do gênero por ele me soar repetitivo demais...mas pra quem curte leituras despretensiosas a titulo de entretenimento,certamente vai curtir esse romance ^^
    bjs...

    ResponderExcluir