Resenha: A Farsa de Ártemis - Celso Possas Junior

Editora Itapuca
240 páginas
2017

Outras resenhas do autor:

No ano de 2018, segredos ainda são guardados há muitos anos por uma pequena parte do governo americano e CIA, o suficiente para que vários americanos que o escondem, sejam assassinados. Entretanto, há o azar na última morte ocorrida: o homem assassinado consegue jogar um caderno escrito com os segredos na varanda ao lado, e a mulher a pegar é uma jornalista investigativa. Agora, duas coisas correm perigo: uma das maiores farsas dos Estados Unidos, e a mulher que fará de tudo para descobri-las.

Em seu terceiro livro, Possas Junior apresenta agora um suspense ambientado entre passado - na década de 60 - e futuro, especificamente em 2018. Trata-se da perseguição a 3 foragidos do governo americano, que sabem um segredo que jamais devem revelar, e por mais que quarenta anos depois nada tenha sido dito, precisam ser eliminados. Quando um deles morre e coincidentemente deixa as informações confidenciais a uma jornalista, começam as caçadas para eliminá-la enquanto ela caça a verdade.
Outro detalhe já característico é que A Farsa de Ártemis, assim como os diferentes livros do autor, sempre passam por inúmeras localidades, com o Brasil sempre incluso. Lugares como Argentina, Noruega, Canadá, além dos Estados Unidos, é claro, são retratados, de forma a expandir bastante a história.

“Vocês jamais colocarão a mão em mim, vivo.”

Eu diria que esse livro foi meio confuso pra mim. Novamente, muito bem escrito e direto, o autor normalmente foca em narrar os acontecimentos e não traz muitas reflexões explícitas em texto, para não diminuir o movimento da trama. Dessa vez, entretanto, devido ao assunto abordado que é um tanto polêmico, senti falta de mais reflexões dos personagens sobre o tema, até mesmo para fixar mais a história na cabeça, que é recheada de detalhes e pede atenção em cada página.
Durante a trama, pouco é revelado sobre o assunto, apenas pequenas pistas são deixadas ao longo das páginas. Ainda assim, consegui sem muita dificuldade descobrir o que era o segredo. O suspense é bem desenvolvido, bem como a ação, já característica do autor, que me fez ler rapidamnte o livro. Somado a isso, há muitas informações históricas, principalmente no final, de forma a embasar a mensagem que Possas Junior passa.

Algo que me chamou a atenção positivamente é que, principalmente em A Farsa de Ártemis, não há bem um protagonista. Todos os personagens na trama são importantes, embora obviamente, haja alguns com grau de importância mais elevado. Além disso, um diferencial desse para os outros livros de Celso Possas Junior é que há mais espaço para personagens femininas, que em muitos pontos, são as responsáveis pela trama seguir. Me agradou ver mais espaço e importância para as mulheres na obra. Sem falar o apego que se faz com os três homens da qual a trama envolve. Richard, Kevin e Michael foram senhores com que tive muita afinidade desde as primeiras páginas.

Por fim, por mais que eu ainda acredite no contrário do assunto que o livro trata (esperança, né gente), sem dúvidas o autor aborda muitos dados e evidências, que com certeza fazem pensar e questionar sobre parcelas da história americana relacionada a União Soviética. Mais uma vez, um livro recomendado, que evidencia a habilidade do autor em caminhar por vários temas de ficção com muita ousadia.

7 comentários:

  1. Gosto desses livros que nos dão uma outra perspectiva da história da humanidade, e que fazem refletirmos sobre a realidade dos fotos!

    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Oie!
    Não conhecia o autor e nem a obra, mas parece ser um tema bem interessante, costumo gostar de livros que tem um que de embassamento em história real, e esse parece ser um caso!
    Anotado aqui a dica!
    Beijos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  3. Oii! Fiquei intrigada e bastante curiosa em desvendar os segredos que o governo e a Cia guardam, adorei a sua resenha, a história parece ser bem envolvente e conter não apenas mistério, mas ação também. Obrigada pela dica, já vou adicionar esse livro na minha lista. Bjss!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Camila.
    Ainda não conhecia o autor e fiquei interessada na obra por tudo o que você disse na resenha.
    Uma pena que não rolou muita explicação, mas fiquei curiosa!
    beijos
    Camis

    ResponderExcluir
  5. Oii, tudo bem?
    Então, não conhecia a obra, confesso que achei a premissa muito interessante, mas fiquei com um pé atrás quando você disse que os personagens não refletem muito sobre o tema. Apesar de você falar que é um livro bem escrito, não tenho certeza se curtiria isso nos personagens.
    Acho que é uma obra que eu leria em um momento que procurasse apenas distração, sem grandes expectativas... por enquanto vou passar a dica.

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Gosto de livros com muito suspense e ação esse livro me pareceu ter muito disso me deixando bem curiosa, só o Título já tinha despertado minha atenção sua resenha só me deixou mais interessada. Dica anotada

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Confesso que não tenho costume de ler livros de suspense, mas quando leio espero não acertar o grande “segredo”. Nossa é tão chato quando descobrimos o “segredo” livro.
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir